sábado, 8 de março de 2014

Dicas para uma boa foto

Deixe a timidez de lado. Pegue a câmera guardada no fundo da gaveta e prepare-se para fazer grandes fotos. Aqui você aprenderá a fotografar o seu assunto predileto, usar o flash e selecionar o filme apropriado.

Vamos! Pegue sua câmera e aprenda a "congelar" um ginasta em pleno ar, a mostrar a família e os amigos agindo de maneira espontânea e natural, e volte de férias com aquelas fotos que seus amigos realmente gostariam de ver e apreciar. 




Segure a câmera com firmezaSegure a câmera com firmeza

Uma mão sem firmeza apertando o botão disparador da câmera produzirá uma foto tremida. Segure firmemente a câmera com as duas mãos. Mantenha os braços junto ao corpo para dar maior firmeza. Aperte suavemente o botão disparador. As fotos sairão nítidas.



Aproxime-se do assuntoAproxime-se do assunto

Quando em dúvida, aproxime-se do assunto que você vai fotografar (atenção para a distância mínima recomendada no manual da sua câmera). Aproximar-se do assunto é, provavelmente, o passo mais importante para se obter boas fotos. Tente fazer com que a sua foto diga: "este é o meu assunto". Preencha um terço ou mais da área da foto com o assunto que você escolheu para fotografar.



Escolha um fundo neutro e simplesEscolha um fundo neutro e simples

Olhe através do visor de sua câmera e examine o cenário de fundo antes de pressionar o botão disparador. Movimente-se até eliminar tudo aquilo que possa desviar a atenção do assunto de sua foto. Experimente escolher como fundo o céu, a água ou a grama.



Mantenha as pessoas entretidas Mantenha as pessoas entretidas 

Fotografe pessoas entretidas em seus ambientes naturais. Mostre uma criança brincando com sua bicicleta, ou um adulto esculpindo um objeto, etc. Converse com elas para mantê-las à vontade. Pergunte o que estão fazendo. Agindo assim, você fará com que elas fiquem relaxadas em atitudes espontâneas e sem fazer pose.



Componha um cenário Componha um cenário 

Estude a cena de sua foto. Coloque o assunto principal afastado do centro da fotografia. Ao fazer fotos de paisagens, acrescente algumas linhas acentuadas como uma estrada, cerca ou curso de um rio que direcionem a atenção para o assunto principal da foto.



Observe a luzObserve a luz

A iluminação tem uma influência decisiva em sua foto. Estude a luz antes de tirar a fotografia, como os tons dourados de um amanhecer ou pôr-do-sol. Verifique como a direção da luz afeta o assunto: luz frontal (o sol atrás de quem está fotografando), para obter fotos brilhantes e nítidas; iluminação por trás (o sol por trás do assunto), para criar silhueta; iluminação lateral (o sol iluminando um dos lados do assunto) para mostrar a textura do assunto.



Escolha um ângulo diferenteEscolha um ângulo diferente

Movimente-se até encontrar o ângulo para tirar a foto. O simples fato de você se curvar, esticar ou abaixar pode melhorar bastante suas fotos. Comece com a escolha de ângulos diferentes. Ajoelhe-se ou deite-se no chão para mostrar flores no primeiro plano. Ou, então, fotografe do alto (da janela do segundo andar de um prédio, por exemplo) para mostrar os desenhos de uma calçada.



Congele a açãoCongele a ação

O movimento está em toda parte, um "skatista" fazendo piruetas no ar e se apoiando em uma das mãos, ou uma gaivota sobrevoando e mergulhando no mar. Para câmeras com velocidades do obturador ajustáveis, use um filme de alta sensibilidade, como o KODAK ISO 400, e a velocidade ajustada para 1/500 ou 1/1000 de segundo a fim de "paralisar a ação". Pressione o botão disparador um pouquinho antes do ponto culminante do movimento.



Capture sentimentosCapture sentimentos

Por que fotografamos alguma coisa? Geralmente porque nos interessa fotografar tudo aquilo que faz as pessoas se sentirem felizes ou até mesmo tristes. Ao fazer uma foto, tente captar seu próprio sentimento.



Faça experiênciasFaça experiências

Regras, regras, sempre regras. Ao fotografar, tenha sempre em mente que você está sob o controle de uma série delas. Desobedecer as regras, contudo, pode levar a uma foto bastante original. Aquela que faz você dizer em alto e bom som: "esta é minha foto preferida".

Dicas e truques para sair sempre bem nas fotos



Quem não quer uma foto bonita para guardar de recordação? Além disso, motivos para disparar o flash não faltam. Hoje em dia, todo mundo tem uma câmera fotográfica por perto e compartilhar os melhores momentos da vida com seus amigos nas redes sociais virou uma diversão. Aqui, você encontra truques valiosos dos profissionais que fazem as capas e os editoriais da BOA FORMA para você acertar no ângulo. 

1. Se conheça Olhar-se no espelho é um ótimo exercício de autoconhecimento e que pode agregar muito no resultado final das suas fotos. "Fique se olhando, se apreciando e exercitando a autoestima até descobrir o que você tem de mais interessante", ensina o fotógrafo Fabio Heizenreder. A sua marca registrada, que pode ser o cabelão poderoso, um sorriso charmoso ou o olhar interessante, deve ser valorizada na hora de se posicionar diante das câmeras. Além disso, todo mundo tem um lado do rosto mais harmônico e que acha mais interessante. A regra é entender como a sua beleza funciona melhor. 

2. Seja espontânea Ficar à vontade na hora do clique é fundamental para garantir uma imagem bonita. "Em vez de montar uma pose de modelo, seja natural e busque expressar aquele momento que está vivendo da maneira mais tranquila possível", explica o fotógrafo Chris Parente. 

3. Expresse a felicidade Pensar em alguma situação que faz você muito feliz também funciona. "Feche o olhos, inspire fundo e pense em algo incrível. Lembre-se de algum momento na sua vida em que gostou muito. Deixe essa lembrança tomar conta de você, da sua expressão e do seu olhar. Automaticamente você ficará mais bonita", ensina o expert Fabio Heizenreder. 

4. Acerte na pose Evite as fotos tiradas de baixo para cima. Essa posição tende a desfavorecer a silhueta, deixando-a mais cheinha. Para ganhar curvas mais harmônicas, posicione-se com os ombros de frente para a câmera e dê uma ligeira torção dos quadris para o lado. Se o seu fraco são os braços gordinhos, mantenha os ombros retos e o pescoço alinhado. Posicioná-los longe do corpo ou colocar a mão no bolso de trás da calça é um truque que também funciona. Postura e pescoço eretos são fundamentais para evitar a barriguinha e a papada no pescoço. "Imagine uma linha no topo da cabeça, que puxa você para cima, isso ajuda a manter a postura alinhada", conta Fabio. 

5. Look certo Os cliques com as câmeras semiprofissionais costumam deixar a pele mais oleosa e o rosto sem recorte. Quando o flash dispara, o efeito daquele blush que você caprichou pode ser o inverso do esperado. Portanto, fique ligada nas dicas de Júnior Mendes, um expert do make

• Na hora da base, não use um tom mais claro do que a sua pele porque você ficará ainda mais branquinha sob a luz do flash. Aposte em um tom mais escuro do que a sua cor natural. 

• Para evitar a aparência de pele oleosa, use um blush mais seco, mais opaco. 

• Ilumine a zona T do rosto (centro da testa, extremidades do nariz, abaixo dos olhos e queixo) para ressaltar o que realmente interessa. 

• Dose bem os tons cintilantes da maquiagem para não sobressair uma região que não favorece o seu rosto. 

• Se você gosta de gloss, não lambuze muito os lábios. Antes de aplicá-lo, pigmente o centro da boca com um batom opaco, dando umas batidinhas com as pontas dos dedos. 

• Quando apostar no make completo, dê uma dosada na valorização. Se fizer um olhão poderoso, diminua o tom da boca para não ficar muito mascarada. Nesse caso, um batom mais seco e opaco, nos tons de boca, bege e rosa-queimado ou o próprio clássico vermelho opaco, é indicado. Se preferir uma boca mais sexy, dose na sombra.

quinta-feira, 6 de março de 2014

A cor do lápis labial deve ser mais clara ou mais escura do que o batom?



A cor do lápis ideal deve ser da mesma cor do batom, nem mais clara, nem mais escura. Se não for possível, existem duas opções: a primeira delas é escolher um lápis do tom da sua boca, onde o traçado se funda com a cor natural dos seus lábios. A segunda opção é colorir inteiramente os lábios com o lápis labial escolhido e por cima aplicar o batom, assim o efeito final fica bonito e natural.

Devo aplicar o lápis labial antes ou depois do batom?



Comece aplicando o lápis labial para depois partir para o batom. Dessa forma você garantirá um efeito mais natural para seus lábios.

Por que a minha máscara de cílios borra logo após aplicação?



O excesso de produto no aplicador ou várias aplicações sucessivas podem ocasionar esse tipo de resultado. Porém, não desanime, pois os melhores resultados são sempre os que sujam mais! Para isso, tenha sempre lencinhos, cotonetes e demaquilantes.